* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *
LINGUIST List logo Eastern Michigan University Wayne State University *
* People & Organizations * Jobs * Calls & Conferences * Publications * Language Resources * Text & Computer Tools * Teaching & Learning * Mailing Lists * Search *
* *
LINGUIST List 18.1764

Mon Jun 11 2007

Qs: Celtic Place Names in Britain; Diminutives in Portuguese

Editor for this issue: Kevin Burrows <kevinlinguistlist.org>


We'd like to remind readers that the responses to queries are usually best posted to the individual asking the question. That individual is then strongly encouraged to post a summary to the list. This policy was instituted to help control the huge volume of mail on LINGUIST; so we would appreciate your cooperating with it whenever it seems appropriate.

In addition to posting a summary, we'd like to remind people that it is usually a good idea to personally thank those individuals who have taken the trouble to respond to the query.

To post to LINGUIST, use our convenient web form at http://linguistlist.org/LL/posttolinguist.html.
Directory
        1.    Harold Schiffman, Celtic Place Names in Britain
        2.    Mate Kapovic, Diminutives in Portuguese


Message 1: Celtic Place Names in Britain
Date: 07-Jun-2007
From: Harold Schiffman <haroldfsgmail.com>
Subject: Celtic Place Names in Britain


I have recently read an article by Stephen Oppenheimer, Myths of British
Ancestry, from October 2006, no. 127, in a Special report of Prospect
Magazine.
http://www.prospect-magazine.co.uk/article_details.php?search_term=oppenheimer&id=7817

What he says about the history of Celts in Britain, and what others have
said in response to his claims have me confused: I'm not a specialist on
English or British history, but I had always thought that one evidence of
Celtic place-names is the affix -don (also spelled Dun), meaning 'town' or
'settlement' in place names such as London, Dunedin, Wimbledon, etc. which
is also found on the continent in names like Verdun. I thought this was a
Celtic morph, and since it's found all over Britain, doesn't this
contradict the statement (below, from Hudson) that Celtic place names are
found only in Cumbria and Cornwall? Or am I totally wrong in my assumption
that -don is a Celtic morph?

Oppenheimer says ''The orthodox view is that the entire population of the
British Isles, including England, was Celtic-speaking when Caesar invaded.
But if that were the case, a modest Anglo-Saxon invasion is unlikely to
have swept away all traces of Celtic language from the pre-existing
population of England. Yet there are only half a dozen Celtic words in
English, the rest being mainly Germanic, Norman or medieval Latin. One
explanation is that England was not mainly Celtic-speaking before the
Anglo-Saxons. Consider, for example, the near-total absence of Celtic
inscriptions in England (outside Cornwall), although they are abundant in
Ireland, Wales, Scotland and Brittany.''

In a follow-up to this, Mark Hudson writes:

Q?Stephen Oppenheimer's fascinating thesis helps to answer one of the most
vexing questions of dark-age British history: why is there so little trace
of Celtic culture in England and in the English language? The fact that so
little remains of Celtic influence in England in terms of place
names?outside Cornwall and Cumbria?and in the language points to a long
process of cultural conquest by the 4th and 3rd centuries BC Belgic
invaders, who were Germanic, as implied by Julius Caesar's history of his
British adventures. The cultural and linguistic origins of the English are
thus pre-Roman. The Anglo-Saxon elite invasions of the 5th and 6th
centuries AD reinforced, rather than created, a pre-existing difference
between the proto-English and the culturally Celtic of the western fringes
of the British Isles.

Mark Hudson (http://www.prospect-magazine.co.uk/article_details.php?id=9639)

Linguistic Field(s): Historical Linguistics
Message 2: Diminutives in Portuguese
Date: 04-Jun-2007
From: Mate Kapovic <mate.kapovic2gmail.com>
Subject: Diminutives in Portuguese



Dear fellow linguists,
I am forwarding a query from my colleague Daliborka Saric doing research on
diminutives in Portuguese. She kindly asks native speakers of Portuguese to
fill out the questionnaire below and send it to her to the address
daliborka_dashayahoo.com.

Here goes the query, thank you in advance:

Este é um inquérito cuja análise vai ser parte de um Doutoramento sobre os
diminutivos em português. Estou muito agradecida pela sua participação.

Para mais detalhes, queira contactar: daliborka_dashayahoo.com

PARTICIPANTE

PROFISSÃO:

SEXO:

IDADE:

LOCAL DE NASCIMENTO:


Escolha a opção mais parecida com o significado das seguintes frases.
Ao lado da opção que escolher, escreva "x". Se não concordar com nenhuma
das opções, pode fazer um comentário.

1. A água está fresquinha.

1. A água não está muito fresca.
2. A água está mais ou menos fresca.
3. A água está fresca.
4. A água está muito fresca.
5. Outro significado:

2. Hoje levantei-me cedinho.

1. Não me levantei muito cedo.
2. Levantei-me mais ou menos cedo.
3. Levantei-me cedo.
4. Levantei-me muito cedo.
5. Outro significado:

3. A farmácia fica pertinho do supermercado.

1. A farmácia não fica muito perto do supermercado.
2. A farmácia fica mais ou menos perto do supermercado.
3. A farmácia fica perto do supermercado.
4. A farmácia fica muito perto do supermercado.
5. Outro significado:

4. Ela pintou as paredes de azul clarinho.

1. Ela pintou as paredes de azul pouco claro.
2. Ela pintou as paredes de azul claro.
3. Ela pintou as paredes de azul muito claro.
4. Outro significado:

5. Sente-se melhorzinho.

1. Não se sente muito melhor.
2. Sente-se um pouco melhor.
3. Sente-se melhor.
4. Sente-se muito melhor.
5. Outro significado:

6. Ela comprou umas calças justinhas.

1. Ela comprou umas calças um pouco justas.
2. Ela comprou umas calças justas.
3. Ela comprou umas calças mesmo muito justas.
4. Outro significado:

7. Ela era bonitinha.

a) Ela não era muito bonita.

1. Ela era mais ou menos bonita.
2. Ela era bonita.
3. Ela era muito bonita.
4. Outro significado:

8. Estou fartinha de tudo.

a) Estou um pouco farta de tudo.

b) Estou farta de tudo.

c) Estou mesmo farta de tudo.

6. Outro significado:

9. O jornal está cheiinho de gralhas.

1. O jornal tem bastantes gralhas.
2. O Jornal tem mesmo muitas gralhas.
3. Outro significado:

10. O ladrão entrou em casa devagarinho.

1. O ladrão entrou em casa devagar.
2. O ladrão entrou em casa muito devagar.
3. Outro significado:

11. Aconteceu tudo rapidinho.

1. Aconteceu tudo rápido.
2. Aconteceu tudo bastante rápido.
3. Aconteceu tudo muito rápido.
4. Outro significado:

12. Cada palavra desse escritor é pensadinha.

1. Cada palavra dele é mais ou menos pensada.
2. Cada palavra dele é pensada.
3. Cada palavra dele é muito pensada.
4. Outro significado:

13. Este texto está carregadinho de erros.

1. Este texto está mais ou menos carregado de erros.
2. Este texto está carregado de erros.
3. Este texto está muito carregado de erros.
4. Outro significado:

14. O rapaz é magrinho.

1. O rapaz é muito magro.
2. O rapaz é mais ou menos magro.
3. O rapaz é magro.
4. Outro significado:

15. O carro dele é novinho.

1. O carro dele não é muito novo.
2. O carro dele é mais ou menos novo.
3. O carro dele é novo.
4. O carro dele é muito novo.
5. Outro significado:

16. Ele é fortinho.

1. Ele não é muito forte.
2. Ele é mais ou menos forte.
3. Ele é forte.
4. Ele é muito forte.
5. Outro significado:

17. O meu computador é lentinho.

1. O meu computador é mais ou menos lento.
2. O meu computador é lento.
3. O meu computador é muito lento.
4. Outro significado:

18. A rapariga é jeitozinha.

1. A rapariga não é muito jeitosa.
2. A rapariga é mais ou menos jeitosa.
3. A rapariga é jeitosa.
4. A rapariga é muito jeitosa.
5. Outro significado:

19. Os resultados foram fraquinhos.

1. Os resultados não foram muito fracos.
2. Os resultados foram mais ou menos fracos.
3. Os resultados foram fracos.
4. Os resultados foram muito fracos.
5. Outro significado:

20. A sala está limpinha.

1. A sala não está muito limpa.
2. A sala está mais ou menos limpa.
3. A sala está limpa.
4. A sala está muito limpa.
5. Outro significado:

21. A sopa está quentinha.

1. A sopa não está muito quente.
2. A sopa está mais ou menos quente.
3. A sopa está quente.
4. A sopa está muito quente.
5. Outro significado:

22. Ele é riquinho.

1. Ele não é muito rico.
2. Ele é mais ou menos rico.
3. Ele é rico.
4. Ele é muito rico.
5. Outro significado:

23. O filme foi interessantezinho.

1. O filme não foi muito interessante.
2. O filme foi mais ou menos interessante.
3. O filme foi interessante.
4. O filme foi muito interessante.
5. Outro significado:

24. O rapaz é gordinho.

1. O rapaz não é muito gordo.
2. O rapaz é mais ou menos gordo.
3. O rapaz é gordo.
4. O rapaz é muito gordo.
5. Outro significado:

25. As batatas estão cozidinhas.

1. As batatas não estão bem cozidas.
2. As batatas estão cozidas.
3. As batatas estão demasiado cozidas.
4. Outro significado:

26. Ela parece mazinha.

1. Ela não parece muito má.
2. Ela parece um pouco má.
3. Ela parece má.
4. Ela parece muito má.
5. Outro significado:

Linguistic Field(s): Semantics



Respond to list|Read more issues|LINGUIST home page|Top of issue




Please report any bad links or misclassified data

LINGUIST Homepage | Read LINGUIST | Contact us

NSF Logo

While the LINGUIST List makes every effort to ensure the linguistic relevance of sites listed
on its pages, it cannot vouch for their contents.