Featured Linguist!

Jost Gippert: Our Featured Linguist!

"Buenos dias", "buenas noches" -- this was the first words in a foreign language I heard in my life, as a three-year old boy growing up in developing post-war Western Germany, where the first gastarbeiters had arrived from Spain. Fascinated by the strange sounds, I tried to get to know some more languages, the only opportunity being TV courses of English and French -- there was no foreign language education for pre-teen school children in Germany yet in those days. Read more



Donate Now | Visit the Fund Drive Homepage

Amount Raised:

$34168

Still Needed:

$40832

Can anyone overtake Syntax in the Subfield Challenge ?

Grad School Challenge Leader: University of Washington


Publishing Partner: Cambridge University Press CUP Extra Publisher Login
amazon logo
More Info


New from Oxford University Press!

ad

What is English? And Why Should We Care?

By: Tim William Machan

To find some answers Tim Machan explores the language's present and past, and looks ahead to its futures among the one and a half billion people who speak it. His search is fascinating and important, for definitions of English have influenced education and law in many countries and helped shape the identities of those who live in them.


New from Cambridge University Press!

ad

Medical Writing in Early Modern English

Edited by Irma Taavitsainen and Paivi Pahta

This volume provides a new perspective on the evolution of the special language of medicine, based on the electronic corpus of Early Modern English Medical Texts, containing over two million words of medical writing from 1500 to 1700.


Book Information

   
Sun Image

Title: Da Influência Do Conhecimento Ortográfico Sobre O Conhecimento Fonológico
Subtitle: Estudo Longitudinal de um Grupo de Crianças Falantes Nativas do Português Europeu
Written By: João Veloso
Series Title: 550pp. Edição Linguística 57
Description:

Estudo Longitudinal de um Grupo de Crianças Falantes Nativas do Português
Europeu


Neste trabalho, é discutida a possibilidade de o conhecimento ortográfico
dos sujeitos interferir sobre determinadas propriedades do seu conhecimento
fonológico.
O principal fundamento para essa discussão encontra-se especialmente em
numerosos estudos da área da psicolinguística que se têm debruçado sobre
dois assuntos: (i) a emergência da consciência fonémica dos sujeitos,
aparentemente exclusiva de indivíduos com conhecimento da escrita
alfabética; (ii) o processamento linguístico, em diversas manifestações,
que apresenta diferenças entre sujeitos atribuíveis ao conhecimento
ortográfico.

Um dos objectivos do presente trabalho consiste em integrar esta discussão
no âmbito da linguística: sendo o conhecimento fonológico parte integrante
do conhecimento da língua, e sendo este, segundo a linguística generativa,
o objecto central de estudo da linguística, pareceu-nos relevante não
circunscrever o estudo destas questões à esfera exclusiva da psicolinguística.

Tendo em mente estes pressupostos e limitando o nosso campo de observação
ao português europeu, procurámos investigar a influência do conhecimento
ortográfico sobre o conhecimento fonológico a dois níveis: 1) emergência
das capacidades de manipulação fonémica; 2) divisões silábicas explícitas
das sequências consonânticas Obstruinte+Lateral e Obstruinte /S/+Obstruinte
do português. Para tanto, foi empreendido um estudo longitudinal de 42
crianças falantes nativas monolingues do português europeu que as observou,
através de testes metafonológicos e de produção escrita, ao longo dos dois
primeiros anos de escolaridade. Foi então verificado que, antes da
aprendizagem da escrita, as crianças da população não evidenciam
capacidades de manipulação fonémica e apresentam maioritariamente divisões
silábicas das referidas sequências não conformes às respectivas normas
ortográficas (considerando preferencialmente as sequências
Obstruinte+Lateral como heterossilábicas e as sequências Obstruinte
/S/+Obstruinte como tautossilábicas). Após a aprendizagem da escrita,
verificou-se a emergência das capacidades de manipulação fonémica e uma
conformação das divisões silábicas explícitas aos padrões consignados pela
ortografia oficial (passando as sequências Obstruinte+Lateral a ser
preferencialmente divididas como tautossilábicas e as sequências Obstruinte
/S/+Obstruinte a ser divididas preferencialmente como heterossilábicas).

Com base numa série de argumentos amplamente desenvolvidos na dissertação,
as modificações identificadas quanto aos aspectos referidos foram
atribuídas à aprendizagem da ortografia da língua e foram interpretadas
como indício sugestivo de que o conhecimento fonológico – que regula
aspectos como os explorados – não seja totalmente impermeável a um factor
ligado à experiência cultural dos indivíduos como a aprendizagem ortográfica.

Subsidiariamente, é concedido relevo ao tópico do valor das operações
metafonológicas explícitas e das primeiras produções escritas infantis
enquanto elementos reveladores do conhecimento fonológico implícito dos
falantes.

Publication Year: 2006
Publisher: Lincom GmbH
Review: Not available for review. If you would like to review a book on The LINGUIST List, please login to view the AFR list.
BibTex: View BibTex record
Linguistic Field(s): Phonology
Psycholinguistics
Subject Language(s): Portuguese
Issue: All announcements sent out by The LINGUIST List are emailed to our subscribers and archived with the Library of Congress.
Click here to see the original emailed issue.

Versions:
Format: Paperback
ISBN: 9783895863813
ISBN-13: N/A
Pages: 550
Prices: Europe EURO 88.00